Nossa Senhora do Pilar em São João Del Rei
São João Del Rei

Conheça: Nossa Senhora do Pilar em São João Del Rei

Vamos viajar?
Receba as melhores dicas sobre cidades históricas!
Quero viajar
Conheça: Nossa Senhora do Pilar em São João Del Rei
AVALIE O POST!

Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar em São João Del Rei
A Igreja de Nossa Senhora do Pilar em São João Del Rei é uma maravilha para os olhos e coração

Fotógrafo: Ricardo André Frantz • Licença: (CC BY 3.0)

São João Del Rei é uma das mais importantes cidades históricas de Minas Gerais. É roteiro certo de todos os turistas apreciadores da Estrada Real e da história brasileira. E a Igreja de Nossa Senhora do Pilar em São João Del Rei não pode faltar em sua viagem.

São João é uma pequena cidadezinha típica do interior, com 90.263 habitantes. É berço de Tancredo Neves e já foi capital de Minas, enquanto Belo Horizonte era construída. Hoje, abriga a Universidade Federal de São João Del Rei, a UFSJ.

Esta instituição educacional é uma das mais respeitadas do estado e possui muitas histórias que ainda serão contadas aqui.

Mas hoje focaremos na bela Matriz de Nossa Senhora do Pilar. Saiba mais neste post:

A história da Igreja de Nossa Senhora do Pilar em São João Del Rei

Primeiramente, ela possui um nome bastante solene. Chama-se Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar.
300x250 be2_pt_300x250_New banner blue_210583

E essa catedral extremamente rica é a sede da diocese da cidade. Por seu valor histórico diferenciado, foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

A igreja foi criada entre 1703 e 1704, confundindo-se com os primórdios da cidade, que foi descoberta nessa época, no início do século XVIII.

No começo da construção, era uma simples capela de taipa coberta de palha, localizada no alto do Morro da Forca e consagrada à Virgem do Pilar.

Ao redor dessa igrejinha, formou-se o Arraial Novo do Rio das Mortes, hoje São João Del Rei.

Mas, durante a Guerra dos Emboabas, a capela foi incendiada, em 1709.

Por conta disso, em 1711, A Irmandade do Santíssimo Sacramento, destinada aos homens brancos e abastados da região, ergueu novamente a capela. Mas desta vez no centro da cidade.

Na época, a florescente São João já era vila, e a construção foi finalizada em 1750.

A estética da Igreja

 

Nossa Senhora do Pilar em São João Del Rei
Nos altares da igreja há cem mil folhas douradas!

Fotógrafo: Ricardo André Frantz • Licença: (CC BY 3.0)

Por fora, sua fachada é impositiva e erguida em alvenaria de pedra. É algo bem típico do período colonial barroco, que desejava mostrar a grandiosidade e o poder de Deus através de suas moradas.

Dessa forma, os fiéis, ao visualizarem as catedrais, sentiam-se intimidados e com um respeito muito maior às forças divinas.

E isso realmente ocorria, pois a imponência dos templos barrocos não era desproposital. Com essa estética, os fiéis tornavam-se cada vez mais obedientes e cumpridores da intenção do projeto.

Afinal de contas, o barroco é a estética da Contra Reforma, que tinha como finalidade impedir a ascensão da Reforma Protestante.

Ainda na parte de fora, a Basílica também apresenta alguns traços da estética neoclássica, que foram introduzidos durante reformas feitas no século XIX.

Por dentro, possui uma belíssima e suntuosa decoração com sofisticada talha dourada. O forro é composto de têmpera, com figuras dos Doutores da Igreja em grandiosa estatuaria.

Em seus altares, há cem mil folhas de ouro em películas que finalizam seus detalhes riquíssimos e que a concederam o título de quarta igreja mais rica do Brasil.

Então, já sabe: se for visitar a cidade, é obrigatória a parada para conhecer essa preciosidade da arquitetura brasileira.

E se quiser saber mais sobre São João, confira estes dois posts que separei especialmente para você:

E não deixe de compartilhar este post com quem você pretende viajar!

E se inscreva em nossa lista! Até mais!

Histórias de Assombração
Não fazemos Spam
Receba tudo no seu e-mail!
INSCREVA-SE!
Tags : carrossel

    The author: Gabriela Pinheiro

    Professora que se encantou pelo caminho das palavras e das imagens e usa os seus dons para cultivar o turismo em nossas maravilhosas cidades históricas.
    Histórias de Assombração
    Não fazemos Spam
    Receba tudo no seu e-mail!
    INSCREVA-SE!
    Vamos viajar?
    Receba as melhores dicas sobre cidades históricas!
    Quero viajar